MENSAGENS


O texto de Efésios 3.13-20 é uma oração que Paulo fez pelos cristãos da cidade de Éfeso para estes não desanimassem.
Qual é a maior causa do nosso desânimo? O que ele causa? Que conselhos o apóstolo Paulo dá para que nós nos mantenhamos animados na fé?
A maior causa do desânimo é o “medo”. A pessoa teme não achar recursos internos e externos para enfrentar suas dificuldades.
O desânimo pode causar muitos malefícios à vida como: Depressão, comodismo, desvalorização pessoal, revolver os reveses do passado, perda do foco e alvos na vida. A pessoa simplesmente para e passa a viver no fel da amargura. O efeito mais funesto do desânimo é quando aquele que nele cai não o reconhece como uma tentação ao pecado.
• O desânimo é uma das ciladas mais perigosas que Satanás pode armar para um filho de Deus. Em outras tentações nós podemos ver claramente a cilada e a cara do “inimigo”, mas no desânimo, vemo-nos a nós mesmos como derrotados.
Vamos aprender com Paulo conselhos inspirados pelo Espírito Santo que nos darão suporte e vitória contra o desânimo:
1. Seja espiritualmente forte, valente e animado! (v.16) Essa força vem da riqueza e bondade de Deus, por meio do Espírito Santo (Oro para que, segundo as riquezas da sua glória...v16). Ela não vem de um esforço mental positivo. Então, como nós podemos ser mais fortes espiritualmente? A Bíblia diz: (...) fortalecei-vos no Senhor e na força de seu poder. (Ef.6:10)
2. Permita Cristo viver no seu coração pela fé! (v.17a) Como você adquire fé? (...) a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus. (Rm.10:17) Qual é o próximo passo, após adquirir fé? Não se enganem; não sejam apenas ouvintes dessa mensagem, mas a ponham em prática. (Tg.1:22 NTLH).
3. Esteja enraizado e alicerçado em Cristo. (v.17b)  “Portanto, já que vocês aceitaram Cristo Jesus como Senhor, vivam unidos com ele. 7 Estejam enraizados nele, construam a sua vida sobre ele e se tornem mais fortes na fé.” (...) (Cl.2:6,7 NTLH) Jesus ensinou que: Quem ouve esses meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha. (Mt.7:24 NTLH)
4. Não duvide do amor de Cristo que vai além das suas limitações humanas. (v.18) A Bíblia diz: Mas o amor de Deus, o SENHOR, por aqueles que O temem (amam e respeitam) dura para sempre. (...) (Sl.103:17 NTLH)
5. Vivencie o amor de Cristo, pois isso fará com que você fique repleto do próprio Deus! (v.19) A Bíblia diz: Porque todos nós temos sido abençoados com as riquezas do seu amor, com bênçãos e mais bênçãos. (Jo 1:16 NTLH)
6. Confie no poder de Deus que opera em você! (v.20) Você pode até não entender o seu momento, mas confie em Deus, pois Ele está fazendo algo muito mais além do que você pode pedir ou até pensar! Recordemos o que Deus disse a Abraão: Quando Abrão tinha noventa e nove anos, o SENHOR Deus apareceu a ele e disse: Eu sou o Deus Todo-Poderoso. Viva uma vida de comunhão comigo e seja obediente a mim em tudo. (Gên 17:1 NTLH) Apesar da idade avançada, Abraão se tornou pai de Isaque por promessa Divina, através de uma vida de comunhão e obediência a Deus. Ele não desanimou, mas animou-se pela fé em Deus! Faça o mesmo seguindo praticando o conselho Divino que foi dado por Paulo.  Não se entregue ao desânimo viva uma vida abundante em Cristo.

Pr. Eliel de Souza.

______________________________________________
OS PASSOS PARA O VERDADEIRO AVIVAMENTO
 Habacuque 3.2

Introdução

 Na história do povo de Deus sempre houve momentos de descuido espiritual, onde a frieza e mornidão lhes dominavam, quando ocorria esse descuido espiritual, Deus sempre levantava homens para despertar o seu povo e levá-los a um genuíno e verdadeiro avivamento, como pode acontecer um verdadeiro avivamento?

1.               Todos devem orar e muito por um avivamento poderoso, glorioso e soberano. Todos os avivamentos da Bíblia e da história da Igreja foram marcados e conservados na atmosfera da oração, jejum, arrependimento, confissão espontânea, quebrantamento de Espírito.

2.               Ouvir a Palavra de Deus V.2; A Palavra de Deus tem que ter prioridade em nossos cultos, se realmente desejamos um verdadeiro avivamento, duradouro e produtivo.

3.               Temor a Deus V.2; Quando o homem ouve a Palavra de Deus , vai ser gerado em seu coração um sentimento de temor e obediência a Deus e a sua Palavra.



4.               Renovação Espiritual v2; Habacuque pediu para Deus notificar a obra no meio dos anos trazendo uma renovação.

5.               Os efeitos do verdadeiro avivamento.

5.1. Fé inabalável em Deus V.16
5.2. Alegria V.18. E essa alegria é ultracircunstancial, não depende das circunstâncias, independentemente do que o crente esteja vivendo, ele se alegrará no Senhor o Deus de sua salvação.
5.3. Força vinda da parte do Senhor.

CONCLUSÃO

Ore por um verdadeiro avivamento, clame a Deus como o profeta Habacuque, a fim de que este avivamento venha mexer com a estrutura das nossas almas, e venha resultar num grande mover de Deus entre as nações, onde o povo Deus venha ser despertado para viver uma vida segundo Deus, Ore para que o povo de Deus se arrependa de seus maus caminhos e passe a trilhar as veredas de Deus.





02

A morte e ressurreição de Cristo é a garantia e certeza da vitória do Cristão, a sua morte e ressurreição mudou o curso da história e trouxe nova esperança para a humanidade, a morte e ressurreição de Cristo trouxeram resultados eternos de Deus para o homem.
  1. Uma nova reconciliação do homem com Deus.
  2. Os homens são atraidos a Ele.
  3. A potencial anulação do poder do pecado.
  4. A Remoção do pecado do mundo.
  5. A redenção da maldição da lei é assegurada.
  6. Remoção da barreira entre judeus e gentios.
  7. É anulada a distância entre o crente e Deus.
  8. Garantia do perdão dos pecados.
  9. A derrota dos poderes e principados.
Conclusão
Se Cristo morresse e não ressuscitasse, era vã a nossa fé, foi o que afirmou o apóstolo Paulo, a nossa alegria e esperança eterna é que Ele morreu e ao terceiro dia ressuscitou trazendo vida eterna para todos os que crêem no seu nome.

Pastor Eliel de Souza

Nenhum comentário: